Como desenhar bem realismo! – Aprendendo a Desenhar

Se você quer saber como desenhar bem realismo, a melhor dica que podemos dar a você é: preste atenção às proporções. Afinal, se a estrutura básica do desenho não for desenhada corretamente nada poderá disfarçar isso – não importa o quanto o acabamento seja excelente. Ele pode até acabar parecendo uma caricatura, em vez de um desenho realista!

Então, pensamos na melhor maneira de ajudar você na empreitada de aprender a desenhar. E este tutorial vai trazer uma opção interessante de técnica, simples e rápida, para você aprender a desenhar corretamente as proporções. Vamos lá?

 

O método da grade:

grade

Antes de apresentar essa técnica, vamos relembrar outra, bem popular. O método da grade é muito útil quando você está aprendendo a desenhar com base em uma foto. Ele consiste em inserir uma grade com linhas verticais e horizontais na foto e outra idêntica no papel ou tela em que fará seu desenho. A grade está aí para servir de referência ao tamanho e posição dos traços.

O lado positivo dessa técnica é que ela é, basicamente, à prova de erros. Já que ela te dá todas as referências do desenho – um verdadeiro passo-a-passo ou ligue-os-pontos -, ela permite que mesmo pessoas sem muita experiência saibam como desenhar bem.

 

método de grade

Além disso, ela permite que você faça um desenho ampliado ou reduzido da foto original; basta ajustar a grade em seu papel para que seja proporcionalmente maior ou menor do que a grade sobre a foto.

Porém, o lado negativo dessa técnica, é claro, é que você vai ficar com uma “cartela de bingo” no seu desenho – a qual pode ser um pouco difícil de apagar. Uma solução possível é usar quadrados maiores.

 

O método da grade – melhorado:

 

Esse método é bem mais simples do que a grade tradicional. Se você quer saber como desenhar bem realismo, com certeza ele será útil. Para utilizá-lo, você vai precisar de uma grade especial e um compasso.

 

grade melhorado

 

A grade especial tem apenas oito linhas: quatro linhas externas, formando a moldura; duas diagonais, uma horizontal e uma vertical internas. O resultado final é uma grade formada por retângulos e triângulos.

 

Uma coisa que ajuda muito na sua preparação é cortar a imagem de referência na forma de um retângulo, onde o objeto do seu desenho – que pode ser um rosto, uma flor, ou outros – fique bem enquadrado. Sem sobras ao redor.

 

Imagem05

 

Comece aplicando a grade especial a essa imagem de referência, e também ao papel em que você pretende desenhar. Você vai notar que as oito linhas traçadas são mais do que suficientes para que você possa obter uma referência de posição para qualquer traço necessário. Isso por que basicamente todos os elementos da imagem original vão estar sobre ou próximos a uma das linhas.

 

Imagem06

 

Em seguida, você vai usar o compasso para marcar a distância entre os elementos da foto e as linhas da grade. Transporte a marcação para o seu papel, e coloque pequenos pontos para ajudar seus traços. Com o compasso, nada é feito “a olho”; é uma espécie de atalho para como desenharbem, e você chega a um resultado ainda mais realista.

 

Imagem08

 

A etapa final do desenho depende, basicamente, de ligar os pontos marcados na grade. Como dá para imaginar, quanto mais pontos você conseguir identificar, mais fácil será conectá-los. E então você pode usar os efeitos de preenchimento e sombra para que o desenho fique ainda mais parecido com a versão da foto.

 

Uma boa vantagem dessa técnica é que você consegue facilmente verificar a proporção não apenas entre elementos próximos, mas também entre elementos distantes. O compasso te dá essa flexibilidade.

 

E se você estiver curioso, com esse método também é possível ampliar ou reduzir a imagem original. Para isso, você precisará ajustar o tamanho da grade no papel, mas também a amplitude da abertura do compasso em cada marcação. Parece difícil, mas não é! Para isso, existe um compasso especial; ele tem dois lados, e você pode escolher a razão da proporcionalidade entre eles. Se você escolher 3, por exemplo, e marcar uma distância de 2cm com um lado, vai notar que o lado oposto estará com uma abertura de 6cm.

 

Imagem07

 

Para terminar, você apaga as linhas da grade. Mas vamos concordar; é bem mais simples apagar oito linhas do que vinte, certo?

E então, qual técnica você prefere utilizar? Teste o método da “grade melhorada” e conte para a gente como foi sua experiência aprendendo a desenhar com ele! E também estamos ansiosos para saber se você conhece outros.

 

Como desenhar bem depende de você, conhecer as técnicas e treinar bastante. Se você deseja continuar evoluindo você pode conhecer o Curso Aprenda a Desenhar do Zero.

No curso online você vai aprender em vídeo aulas desde sombra a traços e muito mais.

 

Veja os meus melhores desenhos:

como-fazer-desenhosdesenhos-sombreadosdesenhos-realistasdesenhos-realistascomo-desenhar-olhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *